"Então, falando ele estas coisas em sua defesa, Festo disse em alta voz:
Estás louco, Paulo! As muitas letras te levam à insanidade!"
(Atos dos Apóstolos 26.24)

quinta-feira, julho 24, 2008

Não adianta!

Não adianta tentarem me convencer do contrário! Qualquer pessoa, de qualquer idade, em qualquer lugar, seja adepta da religião que for (ou não tenha religião nenhuma e não creia em divindade alguma), que use de misericórdia e amor para com outro ser vivo - gente, animal ou planta - anuncia com as suas ações a presença do reinado de Deus. E Deus reconhecerá esses gestos diante de todos. Eu acredito nisso!

2 comentários:

Pedro Grabois disse...

AMÉMMMM!!!

Renato Gaudério disse...

Caro Ruben:

Eu sou o Renato, sou o namorado da Marlova, amiga da Carla. Tudo bem contigo? Não pude ir a NH enquanto estavas aí, porque moro em Porto Alegre e fica difícil ir durante a semana.
Bem, achei muito legal esse teu post com relação a caridade como algo bem visto aos olhos de Deus, como espírita e universalista eu vejo dessa forma também.
Eu vejo desse modo também: a sociedade precisa de ajuda, todos nós precisamos nos ajudar e é essa a nossa natureza.

Abraços de luz.